Saiba por que a torcida do SP se irrita com possível recorde histórico no Morumbi

O São Paulo pode atingir uma marca histórica na partida deste domingo, contra o Corinthians. Caso todos os ingressos para o primeiro confronto da decisão do Campeonato Paulista sejam vendidos, o clube deverá quebrar o seu recorde de renda no Morumbi. Até hoje, a maior renda bruta na história do Tricolor é da semifinal da Copa Libertadores, com R$ 7.526.480,00 e 61.766 pessoas no estádio.

Até ontem, o clube havia anunciado a comercialização de 45 mil entradas. Porém, além da grande procura pelos bilhetes, os valores tabelados pelo clube ajudam a turbinar a renda. No ano passado, o Tricolor instaurou uma política diferente de preços, chamada de “precificação dinâmica”.

Segundo a estratégia são-paulina, os valores dos ingressos variam de acordo com a importância dos jogos. Desta maneira, as entradas para a decisão ficaram mais caras.

Tal procedimento irritou parte da torcida, que fez criticas nas redes sociais. Nas primeiras fases do estadual, o clube costumava cobrar R$ 40 pelo ingresso mais barato. Já na decisão, a entrada com preço mais baixo é de R$ 100, sem considerar meia-entrada e outras condições especiais. Os mais caros saem por R$ 460.