Cuca responde ameaça de presidente do Corinthians

O técnico Cuca aproveitou a entrevista coletiva desta sexta-feira para conscientizar a torcida são-paulina.

Após a ameaça do presidente do Corinthians, Andrés Sánchez, que garantiu que sua equipe não entrará em campo em caso de um novo apedrejamento ao ônibus que transportará a delegação, o comandante tricolor pediu para que não haja qualquer ato de violência na chegada dos rivais ao estádio do Morumbi.

“É um direito que o Corinthians tem, ninguém quer ser alvejado, apedrejado, em lugar nenhum. Também não queremos ir para outro estádio e sermos apedrejados. É um direito do Corinthians, cabe a nós sermos bons anfitriões fora de campo e não cometermos erros como esse que vimos na Argentina. Que não haja esse tipo de conduta, esperamos que não aconteça. Certamente no jogo de volta também não haverá.”